Congresso RCC – 2010.


“Proclama a Palavra,

anuncia a Boa Notícia!”


14 a 18 de Julho de 2010


O Congresso Nacional da Renovação Carismática Católica do Brasil é promovido a cada ano para todos os membros do Movimento e, também, para todos aqueles que queiram conhecer a dinâmica carismática. Um evento marcado por momentos de oração, louvor, escuta profética, pregações e partilhas fraternas. No Congresso Nacional, podemos acolher os direcionamentos de Deus para a RCC do Brasil, o que nos permite conservar a unidade.Renovamos nossas forças, fortalecemos nossa identidade e reassumimos o compromisso de, na força do Espírito, juntos, difundir a Cultura de Pentecostes.

O tema

“Proclama a Palavra, anuncia a Boa Notícia!”. Esta é a moção geral para a Renovação Carismática Católica do Brasil neste ano, sendo também a temática do Congresso inspirada na II Carta de Paulo a Timóteo (II Tm 4, 1-5).

Este tema tem como objetivo dar uma resposta ao mundo que apresenta tantas más notícias, mergulhado numa cultura de morte que desvaloriza a vida e que deprecia os valores cristãos. Neste contexto, a Palavra de Deus é destacada como luz que ilumina a todos (Sl 119, 105).


Inscrições

– Até o dia 15/05: R$ 30,00;
– De 16/05 até 06/07: R$ 40,00;
– Após esse prazo, o valor será de R$ 50,00.
Atenção: a hospedagem e alimentação não estão inclusas no valor da inscrição.


.



Elena Guerra foi a precursora da RCC.

Beata Elena Guerra

(1835-1914)

“Apóstola do Espírito Santo”

Veni Sancte Spiritus!

https://i1.wp.com/www.elenaguerra.com/img_eg/elena_guerra.gif

Elena Guerra nasceu em Lucca (Itália), no dia 23 de Junho de 1835. Viveu e cresceu em um clima familiar profundamente religioso. Durante uma longa enfermidade, se dedica à meditação da Palavra de Deus e ao estudo dos Padres da Igreja, o que determina seu orientamento da vida interior e de seu apostolado; primeiro na Associação das Amigas Espirituais, idealizada por ela mesma para promover entre as jovens a amizade em seu sentido cristão, e depois nas Filhas de Maria.

Em Abril de 1870, Elena participa de uma peregrinação pascal em Roma juntamente com seu pai, Antônio. Entre outros momentos marcantes, a visita às Catacumbas dos Mártires confirmam nela o desejo pela vida consagrada. Em 24 de Abril, assiste na Basílica de São Pedro a terceira sessão conciliar do Vaticano I, na qual vinha aprovada a Constituição “Dei Filius” sobre a Fé. A visita ao Papa Pio IX a comove de tal maneira que depois de algumas semanas, já em Lucca, no dia 23 de Junho, faz a oferta de toda a sua vida pelo Papa.

No ano de 1871, depois de uma grande noite escura, seguida de graças místicas particulares, Elena com um grupo de Amigas Espirituais e Filhas de Maria, dá início a uma nova experiência de vida religiosa comunitária, que em 1882 culminará na fundação da Congregação das Irmãs de Santa Zita, dedicada a educação cultural e religiosa da juventude. É neste período que Santa Gemma Galgani se tornará “sua aluna predileta”.

Elena Guerra

Elena Guerra - A Apóstola do Espírito Santo.

Em 1886, Elena sente o primeiro apelo interior a trabalhar de alguma forma para divulgar a Devoção ao Espírito Santo na Igreja. Para isto, escreve secretamente muitas vezes ao Papa Leão XIII, exortando-o a convidar “os cristãos modernos” a redescobrirem a vida segundo o Espírito; e o Papa, amavelmente solicitado pela mística Luquese, dirige à toda Igreja alguns documentos, que são como uma introdução a vida segundo o Espírito e que podem ser considerados também como o início do “retorno ao Espírito Santo” dos tempos atuais: A breve “Provida Matris Charitate” de 1895; a Encíclica “Divinum Illud Munus” em 1897 e a carta aos bispos “Ad fovendum in christiano populo”, de 1902.

Em Outubro de 1897, Elena é recebida em audiência por Leão XIII, que a encoraja a prosseguir o apostolado pela causa do Espírito Santo e autoriza também a sua Congregação a mudar de nome, para melhor qualificar o carisma próprio na Igreja: Oblatas do Espírito Santo.

Para Elena, a exortação do Papa é uma ordem, e se dedica ainda com maior empenho à causa do Espírito Santo, aprofundando assim, para si e para os outros, o verdadeiro sentido do “retorno ao Espírito Santo”: Será este o mandato da sua Congregação ao mundo.

Elena, em suas meditações com a Palavra de Deus, é profundamente impressionada e comovida por tudo o que acontece no Cenáculo histórico da Igreja Nascente: Ali, Jesus se oferece como vítima a Deus para a salvação dos homens; ali institui o Sacramento de Amor, a Eucaristia; ali, aparece aos seus discípulos depois da ressurreição e ali, enfim, manda de junto do Pai o Espírito Santo sobre a Igreja Nascente.

A Igreja é chamada a realizar os Mistérios do Cenáculo, Mistérios permanentes, e, portanto, o Mistério Pascal: A Igreja é, por isto, prolongamento do Cenáculo, e, analogamente, é ela mesma como um Cenáculo Espiritual Permanente.

É neste Cenáculo do Mistério Pascal, no qual o Senhor Ressuscitado reúne a comunidade sacerdotal real e profética, que também nós, e cada fiél em particular, fomos inseridos pelo Espírito mediante o Batismo e a Crisma, e capacitados a participar da Eucaristia, que é uma assembléia de confirmados, e, portanto, semelhante a primeira comunidade do Cenáculo depois da descida do Espírito Santo. É nesta prospectiva que Elena Guerra concebe e inicia o “Cenáculo Universal” como movimento de oração ao Espírito Santo.

Elena morreu no dia 11 de Abril de 1914, sábado santo, com o grande desejo no coração de ver “os cristãos modernos” tomando consciência da presença e da ação do Espírito Santo em suas vidas, condição indispensável para um verdadeiro “renovamento da face da terra”.

Elevada à honra dos altares em 26 de Abril de 1959, justamente o Papa a definiu “Apóstola do Espírito Santo dos tempos modernos”, assim como Santa Maria Madalena foi a apóstola da Ressurreição e Santa Maria Margarida Alacoque a apóstola do Sagrado Coração.

O carisma profético de Elena é ainda atual, visto que a única necessidade da Igreja e do Mundo é a renovação contínua de um perene e “Novo Pentecostes” que por fim “renove a face da terra”.

“A vinda do Espírito Santo

no Cenáculo, foi como o beijo da

reconciliação dadopor Deus à

humanidade redimida no

Sangue de Jesus”

(Elena Guerra)

Leão XIII

Divinum illud munus

sobre o Espírito Santo
1897.05.09

João Paulo II

Dominum et vivificantem

sobre o Espírito Santo
na Vida da Igreja e do Mundo
1986.05.18

Semeando a cultura de Pentecostes


Semeando a cultura de Pentecostes !



“O século carismático”

“The Charismatic Century”

.

“Mas cumpre-se o que foi dito pelo profeta Joel: Acontecerá nos últimos dias – é Deus quem fala -, que derramarei do meu Espírito sobre todo ser vivo: Sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei naqueles dias do meu Espírito,[…]”

“Chegando o dia de Pentecostes,De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. Ficaram todos cheios do Espírito Santo...[…]” (Atos 2) estavam todos reunidos no mesmo lugar.

.

Vitral_Espírito_Santo_Jaraguá

XXVIII Congresso Nacional da RCC

Vamos partilhar neste momento sobre os frutos que a graça de Pentecostes tem gerado na Renovação Carismática Católica (RCC) em todo o Brasil. O Espírito Santo, ao vir sobre nós, gera o desejo de assumirmos a nossa missão.


O Papa João Paulo II, ao se dirigir à RCC, afirmou: “A única cultura que é capaz de transformar a nossa sociedade é a cultura de Pentecostes”. Nós desse movimento eclesial temos uma tarefa específica, uma missão e Dom Alberto dizia que Deus espera que a RCC apenas seja “renovação”. E ser renovação é ser sinal, rosto e memória de Pentecostes.

A RCC tem se colocado à escuta do Espírito e procurado ser fiel. Estamos colocando em marcha aquilo que o Espírito tem dito para ela [RCC] nestes tempos.

Houve momentos em que a Igreja não estava tão desperta para o Espírito Santo, por diversas razões. No último século Deus começou a agir em nosso meio, de modo especial por intermédio de Elena Guerra.
O Papa Bento XVI falou, agora em maio, sobre as relíquias católicas, e Dom Alberto nos explicou que quando temos uma relíquia do corpo de um santo é como ter a presença da própria pessoa. E para nossa alegria, queremos trazer aqui a relíquia da Beata Elena Guerra, que foi chamada de “A apóstola do Espírito Santo”.

A RCC, através do seu Conselho Nacional, tem se colocado à escuta do Espírito, e foi inspirada por Deus para fazer um projeto para difundir a cultura de Pentecostes. Um dos meios é o projeto chamado “Semeando a cultura de Pentecostes em sua diocese”.

Elena Guerra era freira, de origem italiana da cidade de Lucca. Nasceu em 1835, no século XIX e morreu em 1914, início do século XX. Mas, qual a importância dela? Há uma devoção que tem resgatado a história do que Deus está fazendo no mundo, a qual começou com ela.Deus sempre falou através de muitos místicos a respeito do Espírito Santo e Ele se serviu de Elena Guerra para dialogar com o Magistério da Igreja. No final do século XIX, o próprio Jesus começou a falar com essa grande mulher de Deus em moções interiores, dizendo a ela que era preciso fazer algo para que voltassem a estar atentos à Pessoa do Espírito Santo na Igreja. Ela relutou por anos, pois é muito complicado dizer que “Jesus está falando comigo”. O Senhor, então, falou a uma empregada doméstica para que esta dissesse a Elena Guerra que era Ele mesmo quem falava com ela. Depois disso, Elena conta o fato a seu confessor, que o narra ao bispo, o qual analisa os escritos e vê a veracidade. Leão XIII tomou ciência do ocorrido e se interessou por ele escrevendo um “Breve”, no qual recomenda a novena de Pentecostes. Porém, nada disso aconteceu e Elena volta a escrever ao Papa Leão XIII.

Ironi Spuldaro, Lázaro Praxedes e Reinaldo Beserra

:: Fotos no Flickr …………..Foto: Robson Siqueira


O Santo Padre, então, no dia 9 de maio de 1897, promulga a 1ª Encíclica sobre o Espírito Santo. Na ocasião, o Pontífice fala sobre a missão do Espírito. Ele decreta que a partir daquela data se celebre em todas a Igreja a novena do Espírito Santo em preparação à Festa de Pentecostes. Entre 31 de dezembro e 1º janeiro de 1900, invoca o ‘Veni Creator’, consagra o século XX à Terceira Pessoa da Santíssima Trindade e reza a “Ladainha do Espírito”, que ele escreveu, por causa de Elena Guerra. E nós começamos o século XX, dessa forma, com muitas transformações.

O Papa João XXIII, em abril de 1959, fez a sua primeira beatificação, que foi a de Elena Guerra. A beata escreveu mais de 50 livros sobre o Espírito Santo Paráclito. Há 50 anos dizia o Sumo Pontífice João XXIII: “Depois de tantos anos da partida da madre Helena Guerra, sua mensagem permanece atual. Todos percebemos, de fato, a necessidade de uma contínua efusão do Espírito, assim como uma experiência de um novo Pentecostes”.

Essa consciência de um novo Pentecostes cresce ao caminhar do século. Em 2006, o Pentecostalismo protestante celebrou o centenário deles. Mas, há um fato interessante que gerava controvérsia entre eles: Naquele dia em que o Santo Padre consagrou o século XX ao Espírito Santo, no mesmo dia em Topeka, no Arkansas (EUA), na Igreja metodista, uma mulher pediu ao pastor que rezasse para que ela vivesse a mesma experiência de Pentecostes, descrito em Atos dos Apóstolos II. E ali houve a manifestação da oração em línguas.

Em 2006, em Los Angeles, os protestantes fizeram um evento para comemorar esse centenário. A Igreja Católica foi convidada para a comemoração e alguns membros do Conselho da RCC foram lá. Éramos umas 20 pessoas no meio de 30 mil protestantes. Jack Hayford, um pastor muito conhecido, comandava as manhãs desse encontro. E ele lançou um livro chamado “O século carismático”.

Na hora, peguei o livro e qual foi a minha surpresa? A obra começa falando do hino de invocação ao Espírito Santo escrito pelo Papa Leão XIII e da consagração que ele fez do século ao Espírito Santo. O livro também fala de Elena Guerra e da novena ao Espírito Santo, esclarecendo inclusive o que é uma novena. E explica a nossa história.

O século carismático começou de verdade, naquela noite, com Leão XIII invocando o Espírito Santo sobre o século XX.

Transcrição e adaptação: Nara Bessa

Fonte: Blog Canção Nova.

Palestra no:

XXVIII Congresso Nacional da RCC


.

XXVIII Congresso Nacional da RCC
diminui.gif aumenta.gif

Semear a cultura de Pentecostes

Reinaldo Beserra
Foto: Robson Siqueira

Vamos partilhar neste momento sobre os frutos que a graça de Pentecostes tem gerado na Renovação Carismática Católica (RCC) em todo o Brasil. O Espírito Santo, ao vir sobre nós, gera o desejo de assumirmos a nossa missão.

O Papa João Paulo II, ao se dirigir à RCC, afirmou: “A única cultura que é capaz de transformar a nossa sociedade é a cultura de Pentecostes”. Nós desse movimento eclesial temos uma tarefa específica, uma missão e Dom Alberto dizia que Deus espera que a RCC apenas seja “renovação”. E ser renovação é ser sinal, rosto e memória de Pentecostes.

O que eu estou fazendo para ser esse sinal de Pentecostes?

A RCC tem se colocado à escuta do Espírito e procurado ser fiel. Estamos colocando em marcha aquilo que o Espírito tem dito para ela [RCC] nestes tempos.

Houve momentos em que a Igreja não estava tão desperta para o Espírito Santo, por diversas razões. No último século Deus começou a agir em nosso meio, de modo especial por intermédio de Elena Guerra.

O Papa Bento XVI falou, agora em maio, sobre as relíquias católicas, e Dom Alberto nos explicou que quando temos uma relíquia do corpo de um santo é como ter a presença da própria pessoa. E para nossa alegria, queremos trazer aqui a relíquia da Beata Elena Guerra, que foi chamada de “A apóstola do Espírito Santo”.

A RCC, através do seu Conselho Nacional, tem se colocado à escuta do Espírito, e foi inspirada por Deus para fazer um projeto para difundir a cultura de Pentecostes. Um dos meios é o projeto chamado “Semeando a cultura de Pentecostes em sua diocese”.

Elena Guerra era freira, de origem italiana da cidade de Lucca. Nasceu em 1835, no século XIX e morreu em 1914, início do século XX. Mas, qual a importância dela? Há uma devoção que tem resgatado a história do que Deus está fazendo no mundo, a qual começou com ela.


Deus sempre falou através de muitos místicos a respeito do Espírito Santo e Ele se serviu de Elena Guerra para dialogar com o Magistério da Igreja. No final do século XIX, o próprio Jesus começou a falar com essa grande mulher de Deus em moções interiores, dizendo a ela que era preciso fazer algo para que voltassem a estar atentos à Pessoa do Espírito Santo na Igreja. Ela relutou por anos, pois é muito complicado dizer que “Jesus está falando comigo”. O Senhor, então, falou a uma empregada doméstica para que esta dissesse a Elena Guerra que era Ele mesmo quem falava com ela. Depois disso, Elena conta o fato a seu confessor, que o narra ao bispo, o qual analisa os escritos e vê a veracidade. Leão XIII tomou ciência do ocorrido e se interessou por ele escrevendo um “Breve”, no qual recomenda a novena de Pentecostes. Porém, nada disso aconteceu e Elena volta a escrever ao Papa Leão XIII.

Ironi Spuldaro, Lázaro Praxedes e Reinaldo Beserra
Foto: Robson Siqueira

O Santo Padre, então, no dia 9 de maio de 1897, promulga a 1ª Encíclica sobre o Espírito Santo. Na ocasião, o Pontífice fala sobre a missão do Espírito. Ele decreta que a partir daquela data se celebre em todas a Igreja a novena do Espírito Santo em preparação à Festa de Pentecostes. Entre 31 de dezembro e 1º janeiro de 1900, invoca o ‘Veni Creator’, consagra o século XX à Terceira Pessoa da Santíssima Trindade e reza a “Ladainha do Espírito”, que ele escreveu, por causa de Elena Guerra. E nós começamos o século XX, dessa forma, com muitas transformações.

O Papa João XXIII, em abril de 1959, fez a sua primeira beatificação, que foi a de Elena Guerra. A beata escreveu mais de 50 livros sobre o Espírito Santo Paráclito. Há 50 anos dizia o Sumo Pontífice João XXIII: “Depois de tantos anos da partida da madre Helena Guerra, sua mensagem permanece atual. Todos percebemos, de fato, a necessidade de uma contínua efusão do Espírito, assim como uma experiência de um novo Pentecostes”.

Essa consciência de um novo Pentecostes cresce ao caminhar do século. Em 2006, o Pentecostalismo protestante celebrou o centenário deles. Mas, há um fato interessante que gerava controvérsia entre eles: Naquele dia em que o Santo Padre consagrou o século XX ao Espírito Santo, no mesmo dia em Topeka, no Arkansas (EUA), na Igreja metodista, uma mulher pediu ao pastor que rezasse para que ela vivesse a mesma experiência de Pentecostes, descrito em Atos dos Apóstolos II. E ali houve a manifestação da oração em línguas.

Em 2006, em Los Angeles, os protestantes fizeram um evento para comemorar esse centenário. A Igreja Católica foi convidada para a comemoração e alguns membros do Conselho da RCC foram lá. Éramos umas 20 pessoas no meio de 30 mil protestantes. Jack Hayford, um pastor muito conhecido, comandava as manhãs desse encontro. E ele lançou um livro chamado “O século carismático”. Na hora, peguei o livro e qual foi a minha surpresa? A obra começa falando do hino de invocação ao Espírito Santo escrito pelo Papa Leão XIII e da consagração que ele fez do século ao Espírito Santo. O livro também fala de Elena Guerra e da novena ao Espírito Santo, esclarecendo inclusive o que é uma novena. E explica a nossa história.

O século carismático começou de verdade, naquela noite, com Leão XIII invocando o Espírito Santo sobre o século XX.

Transcrição e adaptação: Nara Bessa

Encontro Nacional de Jovens da RCC – ENJ 2009.

Olá juventude Santa!

O Ministério jovem já está preparando o Encontro Nacional de Jovens, especialmente pra você com muito carinho, você não pode ficar fora dessa!

Este ano teremos como tema: “Jovens sentinelas da manhã: Apóstolo da Efusão do Espírito Santo”.

E o Lema: “Jesus Cristo é o Senhor.” (Fl2,11)

O encontro acontecerá nos dias 30, 31 de outubro e 01 de novembro de 2009 no Pavilhão de Carapina – SERRA / E.S

Esse ano a estimativa de público é de 15.000 jovens, pela honra e glória do nosso senhor Jesus Cristo!!!!

Não perca tempo, traga sua galera para participar do encontro que vai marcar a história da juventude do Brasil.

.

Queridos sentinelas, estamos nos aproximando do ENJ 2009 e é uma alegria sentir que a hora de estarmos juntos está se aproximando.

Creio que estamos vivendo a primavera de Deus em nosso ministério e na RCC. Mas, quero pedir a Deus que este tempo se estenda às nossas vidas. Convido a todos a levantar um grande clamor ao Senhor pedindo esta graça as nossas vidas e sonhos.

Irmãos, passei este fim de semana em casa e foi providencial poder parar e rever algumas coisas, pessoais e também do ministério. Percebo a necessidade e a importância de, como discípulos, estarmos unidos. Mas para que esta unidade aconteça, temos que abrir mão muitas vezes de interesses pessoais. É o Amor de Deus que gera unidade em nós. Esse amor se esvazia de si mesmo. Para vivermos esta primavera de Deus em nossa vida, temos que nos esvaziar de nós mesmos.

A missão que Deus nos concedeu está em nosso coração. Não é tempo de descansarmos e deixarmos de lado. Clamemos ao Senhor Jesus a graça do verdadeiro amor, para que a unidade aconteça no Ministério Jovem!

Quero partilhar esse conteúdo abaixo com vocês e pedir que esse conteúdo sirva de reflexão, oração e estudo em preparação do ENJ 2009.

Temos muitos questionamentos quando falamos de juventude carismática, e uma delas é “Como um jovem vive a Cultura de Pentecostes?”. Creio que esse texto vai nos ajudar a entender o chamado de Deus para cada um de nós e, é claro, a dimensão de nosso sim, para que vivamos plenamente o Apostolado do Espírito Santo.

Toda semana, vamos enviar um texto em preparação ao Encontro Nacional de Jovens 2009. Também teremos algumas ações que, durante esta semana, vamos partilhar para nos prepararmos espiritualmente para o ENJ 2009.

Abraço fraterno!

Márcio Zolin
Coordenador nacional do Ministério Jovem

.


CLICK AQUI E VEJA MAIS DETALHES.

.


.

Congresso Nacional RCC.

2010

.


.

2009

.

JESUS CRISTO É O SENHOR

.

banner_rcc_go

Irmãos e irmãs

(Núcleo, Grupo de Oração e Ministérios)

http://www.rccbrasil.org.br/agenciadenoticia.noticia.html?id=4843

A paz de Nosso Senhor Jesus Cristo!

Ao longo de sua história, a Renovação Carismática Católica tem testemunhado, claramente, o Senhorio de Jesus. Confessar que “Ele é Senhor” ocupa o centro de nossa mensagem, pois a vida no Espírito, que tem como meta a santidade, nos impele a darmos a Jesus a honra que Lhe é merecida e a proclamar, como os apóstolos, “que não existe salvação em nenhum outro, pois debaixo do céu não existe outro nome dado aos homens, pelo qual possamos ser salvos” (Atos 4,12).

Desta forma, o Conselho Nacional da RCC, discernindo qual seria o tema para a sua caminhada de 2009, escolheu a expressão bíblica de Fl 2,11, que nos diz: “Jesus Cristo é o Senhor!”.

Tal escolha é também uma oportunidade, pois, juntamente com o ICCRS (Serviço Internacional da RCC) e o CONCCLAT (Conselho Latino-Americano da RCC), neste ano, damos início aos preparativos que têm em vista o Jubileu de Ouro da RCC, onde o homenageado deve ser Jesus, e a melhor forma de fazer isso é proporcionando que Ele seja “encontrado, seguido, amado, adorado e anunciado a todos, não obstante todas as dificuldades e resistências.” (Cf. DA 14).

Será uma novena de anos, até alcançarmos esta data, em 2017. Sentimo-nos, assim, compelidos a trabalhar com muita oração, escuta do Senhor e discernimento. Nesse período, queremos continuar a fazer, cada vez melhor, aquilo que vem dando bons frutos e, com humildade – reconhecendo que devemos melhorar em muitas coisas -promover as mudanças que forem necessárias.

Devemos perseverar! Lembremo-nos que “Deus, por meio de seu poder que age em nós, pode realizar muito mais do que pedimos ou imaginamos” (Cf. Ef 3,20), apesar das muitas lutas e tribulações que possamos ter pela frente, nesta jornada de implantar a Cultura de Pentecostes.

Trata-se, portanto, de um período de semeadura. Nossa fé fundamenta-se na esperança de que a colheita será farta, isso porque nosso olhar se volta para Aquele que, como já dissemos, é o Senhor: Jesus Cristo. A Ele seja dado o louvor e glória para sempre! Amém!

Carismáticos de todo Brasil vão se encontrar em Cachoeira Paulista para proclamar, unidos, que o Senhor da RCC é Jesus.

O Senhorio de Jesus será o tema central de todas as atividades do XXVIII Congresso Nacional da RCC, que será realizado entre os dias 07 e 11 de julho, deste ano, na Canção Nova, em Cachoeira Paulista.

Uma das presenças, já confirmadas no Congresso deste ano,  é a colombiana Glória Pólo. Glória tem percorrido vários países relatando seu testemunho de encontro com Jesus. Em 1995, ela foi atingida por um raio que carbonizou parte de seu corpo. Glória sobreviveu milagrosamente,  e conta ter vivido uma experiência sobrenatural, que resultou numa profunda conversão de vida.

Todos estão convidados a participar: “Desejamos reunir   uma grande multidão  na Canção Nova, para proclamar o Senhorio de Jesus. Queremos mostrar ao mundo que temos um Senhor e que é Ele quem dá sentido à nossa existência.”

Neste Sentido queremos motivar o seu núcleo, Ministério e Grupo de Oração para juntos proclamamos o “Senhorio de Jesus”. Você e o seu Grupo de Oração não pode ficar de fora desta tão significada festa para nós da RCC.

Por isso, queremos sair desta Diocese com uma caravana para juntos dizemos que Jesus Cristo é o senhor de nossas vidas.

.

O presidente da RCC convida para

O XXVIII Congresso Nacional.

.


.

.

Presenças Confirmadas

Dom Alberto – (Arcebispo de Palmas – Ass. da RCC do Brasil)

Dom Fernando Figueiredo (Bispo de Santo Amaro – Ass. da RCC do estado de SP)

Dom Luiz Azcona (Bispo do Marajó – Ass. da RCC do estado do Pará)

Dom Benedito Beni (Bispo Diocesano de Lorena)

Dom Raymundo (Presidente do CELAM)

Monsenhor Jonas (Canção Nova)

Pe. Eduardo (TV Século 21)

Pe. Marcelo Rossi

Pe. Fabio de Mello

Conselho Carismático Latino Americano da RCC

Conselho Nacional da RCC

Gloria Pollo – Leia Mais

Todos os músicos da Canção e Nova e musica católica e pregadores do Brasil.

E muito mais….

.

INFORMAÇÕES:

.

Saída: 05 de julho de 2009 – (19h30  Missa de Envio na Paroquia São Cristovão )

Congresso:

07/07 – Abertura (Missa de Abertura – Canção NOVA)

11/07 – Encerramento do congresso e retorno para Anápolis.

Visitaremos:

Aparecida do Norte e Cidade de Frei Galvão.

.

Contanto-

Silas Sousa Alves – 3315 2342        (91063401)

Email: lucassilas@hotmail.com

.

Maria da Luz  – 3315  1664

Inscrições abertas para o

Congresso Nacional da RCC

.

Faça sua inscrição click aqui:

Banner_Congresso RCC 2009

Faça sua inscrição para o congresso.

.

.

banner_rcc_go

FAÇA SUA CARAVANA

NÃO PERCAM ESTA OPORTUNIDADE

PROCURE SUA COODENAÇÃO DIOCESANA

.