Encontro de Pregadores em Alexânia.


Segundo Retiro Espiritual

Do Ministério de pregação de

Alexânia – Goiás.


Pregar no Deserto

Ou pregar aos Peixes ?”


“Ai de Mim, se eu não

Anunciar o evangelho”

(I Cor. 9, 16)



Dia 10 de Abril de 2011

Das 8:00 Hs até às 20:30 Hs

No Salão Proquial da Matriz de Alexânia

Taxa de participação: R$ 10,00 (Com Almoço)

Pregadores:

Padre Jacob (Abadiânia)

Diacono Agnaldo (Alexânia)

Luiz Antônio (Anápolis)

Orgnização: Ministério de Pregação

Realização:

Ministério Pedro e Grupo Bom Pastor

Igreja Católica Apostólica Romana

Encerramento:

Com a Santa Missa da Misericórdia

Matriz do Imaculado Coração de Maria.

Alexânia – GO.


Escritório da RCC de Anápolis-Go.


RCC Shop

http://mongefiel.files.wordpress.com/2008/05/frutos-do-espirito.jpg?w=130&h=120
http://presentepravoce.files.wordpress.com/2008/12/sag-fam-lk.jpg?w=130&h=120

 


Somos Curados na Presença de Jesus.

Totalmente curados e transformados pela adoração ao Santíssimo Sacramento.Além de recebermos Jesus Eucarístico, é preciso adorá-Lo no Santíssimo Sacramento. Seja adorador! Se, por vários motivos, você não puder permanecer por muito tempo em adoração, passe pelo menos cinco minutos por dia diante de Jesus presente no sacrário.

 

Não somos capazes de imaginar os benefícios que recebemos quando estamos em adoração diante do Santíssimo Sacramento. Estamos diante do Senhor, apesar de não vê-Lo e senti-Lo. Os nossos sentidos não captam, mas Cristo está ali e está nos vendo com olhos humanos, sorrindo ou chorando conosco.

Da mesma forma que nos unimos ao sofrimento de alguém que amamos, quando essa pessoa se encontra com problemas ou doente, Jesus une-se a nós. No momento em que estamos diante do Santíssimo Sacramento, Jesus está diante de nós. Não fazemos favor nenhum em estar na Sua presença, pelo contrário, é Ele quem nos faz um enorme favor. O Senhor, na Eucaristia, deseja ardentemente esse encontro e, como ovelhas machucadas, precisamos nos encontrar com Ele para a nossa cura.

Assim como os raios vieram do ostensório que Clara de Assis apresentou diante daqueles homens, raios do poder de Deus virão e permanecerão sobre nós. Nos poucos minutos que passamos diante do Santíssimo Sacramento, tomaremos um banho de luz, de poder, de divindade e voltaremos para as nossas atividades, para o nosso serviço, nossa casa, impregnados da presença de Deus.

Se você tem a oportunidade de fazer adoração ao Santíssimo pelo espaço de meia hora, uma hora, ou até ficar em vigília, faça! Isso trará inúmeros benefícios para você e para sua família. Se não pode ficar um longo tempo com Jesus na Eucaristia, procure fazer pequenas visitas. Ao passar por uma igreja, entre, ajoelhe-se e por alguns instantes diga palavras de amor a Nosso Senhor Jesus.

Hoje encontramos também a oportunidade de participar em Comunidade do Cerco de Jericó, são muitas Comunidades, Grupos de Oração e diversas Paróquias que já executam o Cerco de Jericó mensamelte em datas previamente definidas e agendadas.   Nesta oportunidade podemos colocar nossos pedidos e intenções aos pés de Jesus e toda a comunidade estará orando durante sete dias initerruptos e intercedendo por estas intensões diante de Jesus exposto no Santíssimo Sacramento.   Sabemos das dificuldades e dos compromissos que todos nós temos, mas durante sete dias sempre podemos encontrar uma horinha para estarmos junto com a comunidade em oração, pelo menos não teremos a desculpa de que nos deu sono e não conseguimos perseverar em oração, são muitos os testemunhos de curas e libertação que as pessoas que fazem o cerco podem testemunhar terem recebido durante um cerco, portanto não perca você também esta oportunidade de se encontrar com Jesus e deixar em suas mãos todo o seu fardo, porque somente Ele é capaz de nos aliviar completamente.

“Vinde a mim todos vós que estais aflitos sobre o fardo e Eu vos aliviarei.”

Como Também dizia Madre Teresa de Calcutá:

“O tempo que você passa com Jesus no Santíssimo Sacramento é o melhor tempo que você passa na terra.”

CERCO DE JERICÓ.

“Quereis que o Senhor vos dê muitas graças? Visitai-o muitas vezes. Quereis que Ele vos dê poucas graças? Visitai-o poucas vezes. Quereis que o demônio vos assalte? Visitai raramente a Jesus Sacramentado. Quereis que o demônio fuja de vós? Visitai a Jesus muitas vezes. Quereis vencer o demônio? Refugiai-vos sempre aos pés de Jesus. Quereis ser vencidos? Deixai de visitar a Jesus.A visita é um meio muito necessário para vencer o demônio. Portanto, ide freqüentemente visitar Jesus, e o demônio não terá vitória contra vós.” Dom Bosco Terço do Santíssimo Sacramento Contas grandes: Anuncia-se o Mistério. Reza-se nas dez contas pequenas: Bendito e louvado seja o Santíssimo Sacramento da Eucaristia, o fruto do ventre sagrado da Virgem puríssima. Segue-se a Jaculatória e a Oração. 

Primeiro Mistério: Contemplamos como Nosso Senhor Jesus Cristo desceu do seio de Seu eterno Pai para vir ao mundo e livrar-nos com Sua morte santíssima da escravidão do pecado, e abrir-nos as portas do céu.

Jaculatória: Oh! Jesus, Deus de bondade, da paz e Autor da vida, enchei nossos corações de divino amor! Oração: Santíssimo Jesus, pela infinita caridade com que quisestes sofrer a fraqueza humana para o nosso bem e nossa felicidade, nós Vos pedimos o perdão de nossas culpas e um amor para Convosco que abrase nosso coração de tal sorte que só procuremos a Vossa honra e a Vossa glória.

Segundo Mistério: Contemplamos como Nosso Senhor Jesus Cristo nasceu no presépio de Belém, desprezado, pobre e desconhecido para nos merecer o céu e ensinar-nos a desprezar as riquezas da terra e procurar só as do céu.

Jaculatória: Oh! Jesus Divino, nossa vida, nosso amor, enchei o nosso espírito de um verdadeiro fervor. Oração: Oh! Bondade infinita do meu Jesus, de infinita caridade e sabedoria, com que quisestes nascer sobre a terra, experimentando logo as tiranias do cego mundo para assim ensinardes aos Vossos escolhidos e lhes conseguirdes a felicidade eterna, nós Vos pedimos que purifiqueis nossos corações do vil interesse por honras e riquezas caducas e os orneis dos puros sentimentos de que é dotado o Vosso, para que assim, desprezando tudo o que é terreno, só a Vós louvemos e amemos. Amém.

Terceiro Mistério: Contemplamos como Nosso Senhor Jesus Cristo na noite da Ceia instituiu este Sacramento de amor, repartindo entre seus discípulos, com Suas próprias mãos, o Seu Santíssimo Corpo, para os confortar e encher de amor e santidade.

Jaculatória: Bom Jesus, nós Vos louvamos no sacramento do Amor; sede sempre para nós um compassivo Senhor! Oração: Santíssimo Jesus e Bom Pastor de nossas almas, pela infinita caridade com que Vos quisestes deixar sacramentado para nosso socorro, amparo e consolação, nós vos pedimos que não consintais que nossos corações tenham amor e interesse mais do que a Vossa honra e a Vossa glória. Amém.

Quarto Mistério: Contemplamos como Nosso Senhor Jesus Cristo, justamente no dia em que instituiu o sacramento augusto de Seu Santíssimo Corpo, foi ofendido pelo pérfido Judas, que não temeu recebê-lo indignamente.

Jaculatória: Bom Jesus, sejais Bendito, pois sois nossa Redenção; sois toda a nossa ventura, nosso amparo e nossa consolação. Oração: Santíssimo Jesus, Mestre de paciência e bondade, pela mansidão e pelo sofrimento consentistes que Vosso indigno discípulo Vos recebesse sacrilegamente. Pedimos que não permitais que nós, pecadores, sem a cândida estola da graça Vos recebamos, mas antes, enchei-nos de uma grande pureza e perfeita caridade, para termos o prazer de muitas vezes comungar e louvar-Vos. Amém.

Quinto Mistério: Contemplamos como Nosso Senhor Jesus Cristo, depois de Sua Ressurreição, apareceu a Seus discípulos confirmando-os na fé e nas verdades do Reino eterno, prometendo-lhes mandar sobre eles o Divino Espírito Santo, para os encher de todas as virtudes.

Jaculatória: Coração misericordioso de Jesus, tende misericórdia de nós! Oração: Oh! Bom Jesus, pelo inefável mistério da vinda do Espírito Santo sobre Vossos apóstolos e discípulos, nós Vos pedimos que sejam cheias as nossas almas de Vossas santíssimas luzes, para acertarmos o caminho reto de Vos servir e amar, a fim de termos a felicidade de sempre Vos louvar sobre a terra, e reinar Convosco no céu, por todos os séculos.

Semeando a cultura de Pentecostes



Campanha da Fraternidade – 2011 – CNBB.


Fraternidade e a Vida no Planeta.


Em 2011

A C.F. é uma campanha realizada anualmente pela Igreja Católica no Brasil, coordenada pela CNBB, sempre no período da Quaresma. Seu objetivo é despertar a solidariedade dos fiéis e da sociedade em relação a um problema concreto que envolve a sociedade brasileira, buscando caminhos de solução. A cada ano é escolhido um tema, que define a realidade a ser transformada, e um lema, que explicita em que direção se busca a transformação.

A Campanha da Fraternidade 2011 terá como tema “Fraternidade e a vida no planeta” e lema “A criação geme em dores de parto”..


Cartaz da Campanha - 2011.


O Conselho Episcopal Pastoral da CNBB (Consep) escolheu, nesta terça-feira, 22, o cartaz da Campanha da Fraternidade de 2011, que tem como tema “Fraternidade e a vida no planeta” e lema “A criação geme em dores de parto”. Um dos carros-chefes na divulgação da Campanha da Fraternidade, o cartaz é escolhido mediante concurso divulgado pelo Setor Comunicação Social da CNBB. Para a Campanha deste ano, foram publicados 180 mil cartazes.

O cartaz escolhido para 2011 concorreu com outros 56 e foi idealizado por um grupo de seis estudantes do 5º período de publicidade da PUC de Campinas. Segundo Valdir Gomes Gameleira Júnior, um dos membros do grupo, a escolha de sua peça é importante devido a importância social que tem a Campanha da Fraternidade. “Do ponto de vista profissional, [a escolha de nosso cartaz] é importante porque acrescenta ao nosso portfolio”, disse Junior.

Esta não é a primeira vez que alunos da PUC-Campinas vencem o concurso. “A Campanha da Fraternidade gera bastante expectativa nos alunos de publicidade da PUC-Campinas, que já entram na faculdade sabendo que, no 5º período, a gente participa do concurso”, explica o estudante. A PUC mantém a Agência de publicidade IGLOO Comunicação Criativa, que funciona como um laboratório para os alunos.

Participam do grupo vencedor os alunos Fernando Henrique Novais, João Gabriel Godoy G. Pinheiro, Fábio Pellicer Siqueira, Ana Carolina Angelotti, Luís Guilherme Valim e Valdir Gomes Gameleira Júnior.

Hino da Campanha

A letra do hino da Campanha da Fraternidade de 2011 já havia sido escolhida através de concurso realizado, de setembro a dezembro de 2009. Agora foi escolhida a música. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebeu mais de 80 músicas e a escolha foi feita por uma equipe formada por profissionais da área liturgico-musical e homologada pelos bispos do Conselho Episcopal de Pastoral (Consep).

O hino passará agora pelo processo de gravação para no segundo semestre estar à disposição das comunidades.


Hino da Campanha da

Fraternidade 2011



 

Oração da Campanha da Fraternidade 2011 CNBB

Senhor Deus, nosso Pai e Criador.
A beleza do universo revela a vossa grandeza,
A sabedoria e o amor com que fizestes todas as coisas,
E o eterno amor que tendes por todos nós.

Pecadores que somos, não respeitamos a vossa obra,
E o que era para ser garantia da vida está se tornando ameaça.
A beleza está sendo mudada em devastação,
E a morte mostra a sua presença no nosso planeta.

Que nesta quaresma nos convertamos
E vejamos que a criação geme em dores de parto,
Para que possa renascer segundo o vosso plano de amor,
Por meio da nossa mudança de mentalidade e de atitudes.

E, assim, como Maria, que meditava a vossa Palavra e a fazia vida,
Também nós, movidos pelos princípios do Evangelho,
Possamos celebrar na Páscoa do vosso Filho, nosso Senhor,
O ressurgimento do vosso projeto para todo o mundo.

Amém.

MUSICAS DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE – 2011

PORTAL KAIRÓS

Download de todas as músicas

01 – Hino da CF 2011 < CLICK E OUÇA
02 – Converter ao evangelho
03 – Fala assim meu coração
04 – Lembra, Senhor, o teu amor
05 – Senhor, servo de Deus
06 – Piedade, ó Senhor
07 – Glória e louvor a vós, ó Cristo
08 – Volta o teu olhar, Senhor
09 – Nós vivemos de toda palavra
10 – Este é meu filho muito amado
11 – Reconciliai-vos com Deus
12 – Se conhecesses o dom de Deus
13 – Dizei aos cativos: Saí!
14 – Eu vim para que todos tenham vida
15 – Hosana ao Filho de Davi
16 – Música opcional
17 – Hino da CF 2011 (Playback)

 

.Mensagem do Pastor CF-2011

 

cfarquidiocesesorocaba.com

“Pois sabemos que a criação inteira geme e sofre as dores de parto até o presente” (Rm 8,22). O contexto dessa afirmação de São Paulo é a descrição da condição humana, marcada pelo pecado e, entretanto, salva pela graça de Cristo que introduz na experiência humana a força restauradora do Espírito Santo. A CF deste ano traz para nossa reflexão a preocupante situação de nosso planeta, nossa casa, que sofre os efeitos de uma exploração predatória de seus recursos naturais. A afirmação de Paulo ganha força nova diante do quadro que vivemos. São Paulo afirma que “a criação foi submetida à vaidade – não por seu querer, mas por vontade daquele que a submeteu – na esperança de ela também ser liberta da escravidão da corrupção para entrar na liberdade da glória dos filhos de Deus” (8,21-21).

O gemido da criação aparece hoje na deterioração do meio ambiente, conseqüência de uma exploração descuidada e, muitas vezes, gananciosa dos recursos do planeta, conforme haveremos de refletir nesta campanha da fraternidade. A quaresma é tempo de enfrentar com Jesus as grandes tentações que estão na raiz de todos os males nascidos das decisões humanas. O evangelho exige conversão da consciência individual e coletiva da humanidade, como nos lembrava Paulo VI na Exortação Apostólica “Evangelii nuntiandi”. Sem esta conversão que penetre a cultura e se traduza em medidas globais de organização mais justa da atividade humana, em sua relação com a natureza, não será possível reverter o quadro dramático de destruição das condições de vida saudável em nosso planeta que se desenha no horizonte de nossa história. É tempo de conversão, conversão profunda que mude os costumes e gere políticas globais de defesa da vida em todas suas dimensões. É tempo de oração e de tomada de posição diante de uma cultura em que o consumismo desenfreado sustenta a ganância de um lucro que, em longo prazo, se transformará em irreparável prejuízo para toda humanidade. Dessa forma, convido a todos, cristãos e pessoas de boa vontade, a se empenharem na oração e na reflexão para que esta CF produza os efeitos de conversão que dela esperamos.



MENSAGEM COM A MUSICA

TEMA DA CF 2011

EM POWER POINT

Reflexões em Power Point sobre a campanha da Fraternidade 2011



Não Sou Descartável …

Hoje é o Dia da Terra …

Alerta à Falta de Água Potável.


O Ministério de Intercessão.


Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando as mãos puras, superando todo ódio e ressentimento. (I Timóteo 2,8)


O intercessor é aquele que está sempre próximo do coração de Deus, pois ele tem a função de intermediar. Esse ministério foi exercido por grandes profetas, no Antigo testamento, Abraão e Moisés se destacam. A oração destes homens chegavam ao coração de Deus, por serem íntimos dEle.

Eles se colocavam sempre em oração a favor do seu povo, rogando pela misericórdia do Senhor, por um povo infiel e pecador.

Sem dúvida esse ministério deve ser exercido por todos nós. Somos intercessores natos pelo nosso batismo. E é uma grande graça poder se colocar diante de Deus em favor de alguém ou de alguma necessidade.

Depois das lágrimas de uma intercessão fervorosa, não tarda os resultados e logo podemos ver as graças serem derramadas como o maná que caí do céu para alimentar o povo hebreu. Essa experiência nos mostra a fidelidade de Deus, pois ele sempre está conosco e ouve nossas orações.

Interceder é mais do que orar pedindo algo para alguém. É unir o nosso coração ao que sofre e ao coração de Deus, cheio de misericórdia, dessa forma estabelecemos uma ponte, cuja qual as benções do Senhor pode passar e atingir o coração daquele que suplica a graça. Se no Antigo Testamento os profetas são os grandes intercessores, no Novo Testamento, Maria é a nossa grande intermediadora ao seu filho Jesus, ela é modelo de fidelidade e perseverança na oração, na doação ao próximo e a Deus.

Artigo de Alexandre Borges, acadêmico de Filosofia na UCDB de Campo Grande.



Intercessão

O QUE É?

Intercessão é colocar-se no lugar do outro para pleitear sua causa; é colocar-se entre Deus e aquele por quem estamos pedindo, levando a Deus as necessidades da pessoa e buscando conseguir para a pessoa, o auxílio de Deus (Col 4,2-3; Ez 22,30a).

Embora soberano, Deus pôs limites à sua ação em respeito ao livre arbítrio humano (Salmo 113,24), ou seja, Deus está sempre pronto a agir, mas espera a solicitação humana, espera ser solicitado na fé (“Que queres que eu te faça?”, Lc 18,41). Como não é do seu desejo a ruína do homem, de homem algum, Deus convoca intercessores com quem Ele possa contar para poder executar seus eternos planos de amor. Pela intercessão servimos a Deus na evangelização do mundo, colaboramos com a missão de Jesus.

Chamamos a este ministério de Grupo de Intercessão, que tem a missão de orar constantemente de forma organizada por intenções específicas e claras da Escola de Evangelização Santo André, podendo ser em todos os níveis: paroquial, vicarial, diocesano e nacional.

Em muitos lugares a Escola de Evangelização não acontece plenamente por falta de intercessores que se dediquem exclusivamente a este ministério. Por isso, é prioridade que na sua Escola de Evangelização existam pessoas orando incessantemente para que a “Palavra de Deus seja anunciada oportuna e inoportunamente”. (II Tm 4,2)

A IMPORTÂNCIA DO INTERCESSOR

Para que toda obra de Deus frutifique é imprescindível que existam pessoas comprometidas com a oração. Eis a importância do ministério de intercessão da Escola de Evangelização Santo André.

É aquele que afinado com o Espírito Santo pleiteia a causa humana como se fosse sua, até que a situação se altere. Todo cristão é chamado a interceder. Pois somos a Igreja, o corpo de Cristo. Como Cristo é intercessor, aquele que se une a ele tem de ser necessariamente um intercessor (I Tm 2,1). Há aproximadamente 2.000 anos Jesus Ressuscitado intercede por nós (Hb 9,24). Algumas pessoas têm o ministério de intercessão com unção e missão específicas. Entretanto, para todos ela deve ser uma prioridade. Interceder é compromisso com Deus. O intercessor não pode deixar de interceder (I Sm 12,23). Deus quer contar contigo para que Seu Reino de amor se espalhe sobre a Terra.

CARACTERÍSTICAS DO INTERCESSOR

  • Amor – Fruto do Espírito, força de Deus que é amor;
  • Compaixão – O intercessor não deve julgar o irmão, a comunidade ou a causa pela
  • qual intercede;
  • Identificação – Assume para si a dor e a necessidade do outro e/ou da comunidade;
  • Perseverança – Ora sem cessar;
  • Ousadia na fé – Pede, suplica, insiste porque crê na vitória. Acredita que Deus sabe tudo e fará o melhor;
  • Humildade – Sabe que se a oração é ouvida por Deus não é devido aos seus méritos, mas porque Deus é misericordioso;
  • Discernimento – Para fazer a vontade de Deus e para identificar se algo é humano, divino ou do Maligno. O Espírito Santo em nós é quem dá o discernimento, o qual vamos adquirindo à medida que buscamos uma maior comunhão com o Espírito e nos tornamos sensíveis à sua voz;

QUEM PODE PARTICIPAR?

Todo aquele evangelizador que tenha uma fé expectante, que seja chamado e que deseje colaborar com a Escola de Evangelização Santo André através do ministério de intercessão.

Este ano a Escola de evangelização Santo André está completando 30 anos. Você é convidado a unir-se a nós rezando por seu fundador: José Prado Flores e todos os evangelizadores do mundo todo que usam desta metodologia para anunciar Jesus.


Fonte: http://blog.cancaonova.com/evangelizadores/category/formacao/



FRANCISCO E CLARA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA


.